logo

Termo(s) de pesquisa:
OR_Maria Imaculada Cavalcante []
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: GONÇALVES, Fábio Tibúrcio

Título: Arquitetura de ruínas: delírio e devaneio na construção do espaço trágico em Lavoura arcaica

Orientador: Maria Imaculada Cavalcante

Universidade: Universidade Federal de Goiás

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem

Grau: Mestrado

Data de defesa: 21.01.2014

AutorGONÇALVES, Fábio Tibúrcio
TítuloArquitetura de ruínas: delírio e devaneio na construção do espaço trágico em Lavoura arcaica
OrientadorMaria Imaculada Cavalcante
UniversidadeUniversidade Federal de Goiás, Catalão
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
GrauMestrado
Data de entrega2013
Data de defesa21.01.2014
Descrição físicav.1; 143 f.
DisponibilidadeBiblioteca Setorial UFG
Fonterepositorio.bc.ufg.br
Resumo"O presente trabalho presta-se à análise conjunta de dois corpus: o romance “Lavoura Arcaica” do escritor Raduan Nassar, e seu filme homônimo, produzido pelo cineasta Luiz Fernando Carvalho. A análise do livro pauta-se no estudo do espaço, segundo os postulados da “Poética do espaço”, do filósofo e teórico da imaginação Gaston Bachelard, com ênfase nos conceitos de topofilia e topofobia extraídos de sua obra. [...] Sob outra perspectiva, memória e identidade, juntam-se ao delírio e ao devaneio para juntos, figurarem como elementos constitutivos do fluxo de consciência que perpassa todo o enredo. No que tange à análise do filme Lavoura Arcaica, o espaço cinematográfico surge como elemento diegético fílmico a ser analisado sob o enfoque dos estudos narratológicos empreendidos por André Gaudreault e François Jost. Busca-se a compreensão de como no filme ocorre a construção do sensível na imagem cinematográfica. Sinestesia e influências do movimento Expressionista surgem como elementos estruturais e estilísticos na composição de algumas cenas. O espaço como reconstrução emotiva e sinestésico da memória, justificando distorções, desfocamentos e apagamentos da/na imagem para transmitir toda crise existencial experimentada pelo protagonista da trama, narrativa trágica que fazem tanto do romance quanto do filme verdadeiras obras-primas da Literatura e do Cinema nacionais."
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
Pesquisar (apenas um termo por linha):
no campo:
 
1     
2   
3