logo

Termo(s) de pesquisa:
OR_Arlindo Ribeiro Machado Neto []
Registros encontrados:
página 1 de 2
ir para página        


1 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: SILVA, Monica Toledo

Título: Imagem em ação: para um cinema do corpo

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Doutorado

Data de defesa: 28.06.2011

AutorSILVA, Monica Toledo
TítuloImagem em ação: para um cinema do corpo
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauDoutorado
Data de entrega2011
Data de defesa28.06.2011
Descrição físicav.1; 145 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontetede2.pucsp.br
ResumoEsta tese propõe o entendimento do cinema como uma narrativa do corpo, e sugere que a realização de uma obra audiovisual seja um ato de performance. Para isto proponho a compreensão de algumas obras audiovisuais como cinemas do corpo, partindo da fenomenologia do filósofo Maurice Merleau- Ponty (1908-1961) e de parte das ciências cognitivas e do entendimento do corpomídia. Sugiro que o cinema de alguns autores dialoga com os conceitos do corpo enquanto fenômeno, a partir do modo como criam imagens no ambiente audiovisual a partir de meios de significação cinematográficos como a montagem, a direção e o roteiro. Proponho a feitura da obra atado ao corpo vivo do autor, às suas imagens pessoais, memórias e imaginação, que recriam representações pessoais em obras que são sempre processos de pensamento de um corpo vivo, portanto instável e inacabado. Interessam a esta pesquisa os meios narrativos de construção de conteúdos corpóreos no meio audiovisual que se extende do filme à videoarte, videoperformance, videoinstalação, conforme a apropriação da mídia e suportes com os quais cada autor se identifica em cada obra.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



2 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: CUNHA, Damyler Ferreira

Título: O uso da música e do som no filme espanhol latino-americano: as experiências de Glauber Rocha em Pátio (Brasil, 1959) e Hugo Santiago em Invasión (Argentina, 1969)

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Doutorado

Data de defesa: 08.04.2019

AutorCUNHA, Damyler Ferreira
TítuloO uso da música e do som no filme espanhol latino-americano: as experiências de Glauber Rocha em Pátio (Brasil, 1959) e Hugo Santiago em Invasión (Argentina, 1969)
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauDoutorado
Data de entrega2019
Data de defesa08.04.2019
Descrição físicav.1; 215 f.; ilustrado com cinco imagens.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fonteteses.usp.br
ResumoEsse texto é fruto da investigação sobre o uso do som e da música no filme experimental latino-americano, especificamente, nos concentramos nas experiências e conexões realizadas pelos cineastas Glauber Rocha (Pátio, 13 min, 1959) e Hugo Santiago (Invasión, 129 min, 1969) com músicos experimentais para criarem as trilhas sonoras de seus filmes. Distintos tanto em duração quanto no modo de tratamento dos materiais sonoros, os dois filmes apresentam uma montagem sonora que se utilizou de resquícios de sons concretos e músicas experimentais pré-existentes, provocando estremecimentos na forma geometrizada e racional trazida pelas bandas imagéticas dos filmes.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



3 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: SILVA, Breno Morita Forastieri da

Título: Sokúrov e a montagem em Vida humilde (1997): imagem e representação

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Mestrado

Data de defesa: 22.09.2015

AutorSILVA, Breno Morita Forastieri da
TítuloSokúrov e a montagem em Vida humilde (1997): imagem e representação
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauMestrado
Data de entrega2015
Data de defesa22.09.2015
Descrição físicav.1; 95 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fonteteses.usp.br
ResumoDa confluência entre o conceito de texto artístico de Iuri Lotman e a teoria do cinema intelectual de Sergei Eisenstein, este trabalho oferece uma análise do filme Vida humilde (1997) de Aleksandr Sokúrov. De estudos de Eisenstein sobre a lógica composicional do pensamento por imagens, foi compilado um conjunto de ferramentas analíticas a fim de se investigar a imagem geral do filme. Por meio de tais ferramentas, é investigada a relação entre a construção plástica do filme e a percepção da imagem de uma vida humilde. Ainda alinhada à teoria da montagem eisensteiniana, essa imagem é proposta como resultante intelectual de outras três imagens: as da circularidade, da harmonia e da homologia. Desta maneira o filme é esquadrinhado de maneira a salientar os elementos formais que possibilitam sua decodificação como qualidades abstratas.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



4 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: SANTOS, Kátia Peixoto dos

Título: O circo eletrônico em Fellini

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Doutorado

Data de defesa: 2009

AutorSANTOS, Kátia Peixoto dos
TítuloO circo eletrônico em Fellini
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauDoutorado
Data de defesa2009



5 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: SANTOS, César Augusto Baio

Título: A multiplicidade pela sintaxe cinematográfica: uma análise dos filmes Smoking e Non smoking de Alain Resnais

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Data de defesa: 2006

AutorSANTOS, César Augusto Baio
TítuloA multiplicidade pela sintaxe cinematográfica: uma análise dos filmes Smoking e Non smoking de Alain Resnais
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006
Data de defesa2006



6 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: ROCHA, Marleide de Moura

Título: A arte da animação japonesa: em busca dos recursos gerativos de sentidos – recursos estéticos/efeitos estésicos

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 2008

AutorROCHA, Marleide de Moura
TítuloA arte da animação japonesa: em busca dos recursos gerativos de sentidos – recursos estéticos/efeitos estésicos
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de defesa2008



7 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: PARAÍSO, Ana Valentina Turri de Souza

Título: Do outro lado do espelho: o desvelamento do duplo a partir da experiência do sujeito no campo da imagem

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 2002

AutorPARAÍSO, Ana Valentina Turri de Souza
TítuloDo outro lado do espelho: o desvelamento do duplo a partir da experiência do sujeito no campo da imagem
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de defesa2002



8 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: MENEZES, Maria Christina

Título: Recursos de linguagem na animação: a enunciação cinematográfica construída a partir das transformações da figuratividade quadro a quadro

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 2005

AutorMENEZES, Maria Christina
TítuloRecursos de linguagem na animação: a enunciação cinematográfica construída a partir das transformações da figuratividade quadro a quadro
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de defesa2005



9 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: MELLO, Clélia Maria Lima de

Título: O cinema em cena: uma aproximação hipertextual – a encenação de Peter Greenaway

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Doutorado

Data de defesa: 2002

AutorMELLO, Clélia Maria Lima de
TítuloO cinema em cena: uma aproximação hipertextual – a encenação de Peter Greenaway
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauDoutorado
Data de entrega2002
Data de defesa2002
Descrição físicav.1; 262 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fontededalus.usp.br
ResumoEsta pesquisa teve por objetivo a elaboração e experimentação de uma metodologia para análise da encenação - mise en scéne, mise en cadre, mise en abyme e mise en film - no cinema contemporâneo, através do estudo do procedimento composicional de Peter Greenaway, de modo particular em The Cook, the Thief, his Wife and her Lover e Prospero’s Books.



10 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: LUZZI, Grace Maria Martins da Silva

Título: Narrativa tridimensional: uma investigação sobre a linguagem 3D estereoscópica

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Mestrado

Data de defesa: 25.04.2014

AutorLUZZI, Grace Maria Martins da Silva
TítuloNarrativa tridimensional: uma investigação sobre a linguagem 3D estereoscópica
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauMestrado
Data de entrega2014
Data de defesa25.04.2014
Descrição físicav.1; 123 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fonteteses.usp.br
ResumoA partir da investigação de elementos que remontam o passado de técnicas de ilusão e imersão na arte da representação da imagem, bem como teorias que condicionam a existência de uma linguagem audiovisual própria, este trabalho tem o objetivo de analisar e identificar a existência de uma linguagem própria pertinente à estereoscopia. A pesquisa toma como ponto de análise estereoscópica o filme Coraline [2009] de Henry Selick, uma animação stop motion, concebida e lançada nos cinemas 3D estereoscópicos
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



11 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: LIMA, Rita de Cássia Gomes Barbosa

Título: Todos os tempos: uma interpretação sobre o trabalho de Sandra Kogut

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Doutorado

Data de defesa: 1997

AutorLIMA, Rita de Cássia Gomes Barbosa
TítuloTodos os tempos: uma interpretação sobre o trabalho de Sandra Kogut
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauDoutorado
Data de entrega1997
Data de defesa1997
Descrição físicav.1; 112 f.
DisponibilidadeBiblioteca PUCSP
Fontepucsp.br
ResumoO trabalho pretende investigar as relações entre vídeo-arte e a televisão, se apoiando no corpo dos trabalhos da videasta, cineasta e diretora de televisao Sandra Kogut. A singularidade da abordagem e a tentativa de delimitar, a partir dos trabalhos de Kogut, os contornos de um corpo videografico que, ao mesmo tempo, revela a construção de um campo de subjetivação, rico e ate aqui pouco explorado.



12 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: FERREIRA, Fernando Aparecido

Título: Arte gráfica enquanto cinema e cinema enquanto arte gráfica: os letreiros cinematográficos de Saul Bass

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Doutorado

Data de defesa: 2008

AutorFERREIRA, Fernando Aparecido
TítuloArte gráfica enquanto cinema e cinema enquanto arte gráfica: os letreiros cinematográficos de Saul Bass
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauDoutorado
Data de entrega2008
Data de defesa2008
Descrição físicav.1; 299 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fontededalus.usp.br
Resumo Mostrar uma visão mais nítida e consistente dos resultados das intervenções do designer gráfico norte-americano Saul Bass na linguagem cinematográfica, em especial nas seqüências de apresentação dos créditos, nas quais articulou códigos vindos do design gráfico, somados a procedimentos e técnicas do cinema avant-garde e experimental.



13 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: FARO, Paula Telles de Meneses

Título: Procedimentos de criação do videoclipe no cinema

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 16.05.2008

AutorFARO, Paula Telles de Meneses
TítuloProcedimentos de criação do videoclipe no cinema
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de entrega2008
Data de defesa16.05.2008
Descrição físicav.1; 92 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontetede2.pucsp.br
ResumoA linguagem do vídeo vem exercendo enorme influência na linguagem cinematográfica; e a relação entre cinema e vídeo tem sido discutida amplamente por diversos autores. A partir dessas discussões tais como as que Arlindo Machado propõe em Pré-cinemas e Pós-cinemas (1997) e A Televisão Levada a Sério (2001), as de Philippe Dubois, em Cinema, Vídeo, Godard (2004), e também as de Raymond Bellour, em Entre-Imagens (1997), a pesquisa verifica como a linguagem videográfica aproximou a linguagem do cinema à do vídeo clipe e vice-versa. Neste contexto, a pesquisa pretende analisar o filme Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, e identificar nele os elementos de confluência entre as duas linguagens mencionadas, contribuindo assim para o melhor entendimento dessa tendência contemporânea. O procedimento metodológico a ser utilizado é o da análise da estrutura narrativa imagética com estipulações de elementos de comparabilidade entre as duas.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



14 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: EMERITO, Matheus Barbosa

Título: O falso documentário

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 28.03.2008

AutorEMERITO, Matheus Barbosa
TítuloO falso documentário
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de entrega2008
Data de defesa28.03.2008
Descrição físicav.1; 114 f.; ilustrado com 34 imagens.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontetede2.pucsp.br
ResumoEste trabalho tem como propósito estudar um específico modo de representação: o falso documentário no suporte televisivo e no cinema. Dentre as hipóteses adotadas, o falso documentário é analisado como convenção anti-normativa , ao predominar a ficção no corpo (código discursivo) de não-ficção e, assim, incorporar a qualidade de crédito da linguagem documental. Seu processo de criação tende, por um lado, a desconstruir seu significante, mas, por outro, o celebra através da paródia. Para tanto, pretendeu-se verificar e conceituar o documentário como gênero cinematográfico para amparar as definições do falso documentário. Foram analisadas obras, como a do teórico Bill Nichols, que institucionalizam o gênero através de textos que abordam desde a origem do cinema e do próprio gênero, até o surgimento de estruturas peculiares ao formato documental. Procurou-se definir o falso documentário tendo como base o estudo de Jane Roscoe e Craig Hight, que caracterizam o falso documentário como obra ficcional que gesta a não-ficção.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



15 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: EICHEMBERG, Aleph Teruya

Título: A experiência do tempo morto no cinema e nos “games”

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 04.11.2005

AutorEICHEMBERG, Aleph Teruya
TítuloA experiência do tempo morto no cinema e nos “games”
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de entrega2005
Data de defesa04.11.2005
Descrição físicav.1; 94 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontetede2.pucsp.br
ResumoNo cinema e na TV, o tempo morto pode ser entendido como um tempo onde aparentemente nada de importante acontece do ponto de vista narrativo, mas que pode ser utilizado como elemento de linguagem. Apesar de o conceito de tempo morto estar relacionado principalmente com essas duas mídias, reconhecemos nele um papel de importância ainda insuspeitada nesse processo pelo qual as mídias digitais estão passando. Esse processo envolve novas abordagens, inclusive filosóficas, que nos levam a compreendê-lo no âmbito das dimensões comunicativas existentes numa sociedade em rede, percorrida pela informação volátil e onde se integram as indústrias do entretenimento e do consumo, o jornalismo on line e os logos espalhados pela cidade e entre as pessoas. O propósito deste estudo consiste em relacionar o tempo morto com os games por meio da análise de bibliografias, de filmes e de games.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



16 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: COSTA, Flávia Cesarino

Título: Antes da narrativa linear: tempo e modernidade no primeiro cinema – 1895-1907

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Doutorado

Data de defesa: 2000

AutorCOSTA, Flávia Cesarino
TítuloAntes da narrativa linear: tempo e modernidade no primeiro cinema – 1895-1907
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
Abragência do estudo1895-1907
GrauDoutorado
Data de entrega2000
Data de defesa2000
Descrição físicav.1; 260 f.
DisponibilidadeBiblioteca PUCSP
Fontepucsp.br
ResumoO trabalho aborda algumas das maneiras pelas quais o tempo e representado, manipulado e tematizado no primeiro cinema, isto e, no cinema praticado antes da generalização dos longas metragens e do estabelecimento da linguagem cinematográfica clássica.



17 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: COSTA, Flávia Cesarino

Título: O primeiro cinema: espetáculo, narração, domesticação

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 1994

AutorCOSTA, Flávia Cesarino
TítuloO primeiro cinema: espetáculo, narração, domesticação
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de entrega1994
Data de defesa1994
Descrição físicav.1; 157 f.
DisponibilidadeBiblioteca PUCSP
Fontepucsp.br
PublicaçãoCOSTA, Flávia Cesarino. O primeiro cinema: espetáculo, narração, domesticação. Rio de Janeiro, Azougue Editorial, 2005.
ResumoA dissertação e um estudo descritivo dos primeiros dez anos do cinema. Discute-se o contexto histórico e as condições de produção e exibição dos primeiros filmes. Comenta algumas das características básicas das primeiras formas expressivas do cinema, explicitando as razoes pelas quais os primeiros filmes, ao privilegiar a predominância do espetáculo sobre o relato, diferenciam-se do cinema narrativo clássico que se estabeleceu posteriormente.



18 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: CARAVELA, Gabriela Borges Martins

Título: A poética televisual de Samuel Beckett

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Doutorado

Data de defesa: 2004

AutorCARAVELA, Gabriela Borges Martins
TítuloA poética televisual de Samuel Beckett
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauDoutorado
Data de entrega2004
Data de defesa2004
Descrição físicav.1; 266 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontepucsp.br
ResumoEste estudo investiga a obra audiovisual do autor irlandês Samuel Barclay Beckett, em especial os seus trabalhos para a televisão. Apesar de ser mais conhecido pelos seus trabalhos literários e teatrais, Beckett possui uma vasta produção audiovisual que contempla o radio, o cinema e a televisão.



19 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: FERNANDES, Marcos Leandro Kurtinaitis

Título: Found footage em tempo de remix: cinema de apropriação e montagem como metacrítica cultural e a sua ocorrência

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Universidade de São Paulo

Grau: Mestrado

Data de defesa: 07.08.2013

AutorFERNANDES, Marcos Leandro Kurtinaitis
TítuloFound footage em tempo de remix: cinema de apropriação e montagem como metacrítica cultural e a sua ocorrência
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações, São Paulo
GrauMestrado
Data de entrega2013
Data de defesa07.08.2013
Descrição físicav.1; 201 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fonteteses.usp.br
ResumoA pesquisa tem por objetivo evidenciar de que maneira a criação artística baseada exclusivamente em apropriação e montagem de registros pré-existentes de imagem e som pode ser considerada, simultaneamente, uma forma expressiva autônoma e um instrumento de crítica cultural, bem como a ocorrência dessa prática na produção audiovisual brasileira. Trata-se de uma investigação histórica, teórica e crítica dos conceitos e práticas de found footage e remix e sua presença no Brasil, que os apresenta legitimados enquanto proposta estética e dimensionados na amplitude de suas manifestações.[...]. Preliminarmente, a dissertação apresenta um levantamento dos antecedentes históricos da técnica e de suas inúmeras aplicações nos mais diversos gêneros e formatos da produção audiovisual, na qual é particularizada em termos de autores e obras em que se faz presente, com especial atenção ao cinema brasileiro. Segue-se um ensaio sobre seu uso como forma de mediação crítica da produção audiovisual no contexto sociocultural e patamar tecnológico atuais. Afinal, acaba reconhecendo como manifestações de pura metacrítica audiovisual no Brasil duas obras em que essa característica é proeminente e determinante na enunciação do discurso: São Paulo, sinfonia e cacofonia, de Jean-Claude Bernardet (1995) e Um dia na vida, de Eduardo Coutinho (2010). Esses dois exemplos da cinematografia brasileira são então descritos e comentados de maneira que revela como exploram as possibilidades narrativas, poéticas e metacríticas da montagem de material audiovisual alheio.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



20 / 33
Selecionar
Imprimir
Clique para ver +

Autor: CRUZ, Roberto Moreira dos Santos

Título: Imagens projetadas: projeções audiovisuais e narrativas no contexto da arte contemporânea

Orientador: Arlindo Ribeiro Machado Neto

Universidade: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Instituição/Programa: - Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Grau: Mestrado

Data de defesa: 03.06.2010

AutorCRUZ, Roberto Moreira dos Santos
TítuloImagens projetadas: projeções audiovisuais e narrativas no contexto da arte contemporânea
OrientadorArlindo Ribeiro Machado Neto
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
GrauMestrado
Data de entrega2010
Data de defesa03.06.2010
Descrição físicav.1; 126 f.; Ilustrado.
DisponibilidadeBiblioteca Central PUCSP
Fontepucsp.br / tede.pucsp.br
ResumoEsta tese aborda especificamente o conceito de cinema expandido para a análise de obras que utilizam multiprojeçãos. Revê autores como Raymond Bellour, Phillipe Dubois, Dominique Paini, Anne Marie Duguet, entre outros, destacando especialmente a abordagem apresentada por Gene Youngblood em seu livro Expanded Cinema (1970). Localiza no contexto histórico dos anos 1960 até a contemporaneidade, as experiências cinematográficas e videográficas que propuseram modos expressivos pertinentes a esta definição, ao trabalhar os elementos plásticos e sonoros das imagens projetadas e a sua relação com o espaço da exibição e o espectador. Considera especificamente as possibilidades narrativas observadas nas experiências cinematográficas em filmeinstalações e performances audiovisuais. Analisa as particularidades destas formas de exibição, em relação às propostas narrativas em que o enunciado dos filmes estabelece uma nítida relação com o momento da projeção. A tese apresenta também um relato específico sobre a exposição internacional Cinema Sim - Narrativas e Projeções, realizada pelo Itaú Cultural em 2008, com curadoria de Roberto Moreira S. Cruz. Essa exposição foi um marco no processo de desenvolvimento de toda a pesquisa. Exigiu uma análise de como a recente produção audiovisual se insere no contexto da arte contemporânea.
ObservaçãoPequena menção ao cinema super 8 nas p.78-81.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar

Conteúdo eletrônico



página 1 de 2
ir para página        

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
Pesquisar (apenas um termo por linha):
no campo:
 
1     
2   
3