logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200911075205
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorARAÚJO, Francisco José Corrêa de
TítuloA memória das representações de morte e AIDS no conto e no cinema na década de 80
OrientadorCarlos Augusto Nascimento Sarmento-Pantoja
UniversidadeUniversidade Federal do Pará - Instituto de Letras e Comunicação, Belém
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Letras
Abragência do estudo1981-90
GrauMestrado
Data de entrega2018
Data de defesa23.08.2018
Descrição físicav.1; 122 f.
DisponibilidadeBiblioteca UFPA
Fonterepositorio.ufpa.br
Resumo[...] buscamos: identificar o processo de construção da memória na história das representações de morte e aids no Brasil; reconhecer como Caio Fernando Abreu, em Os dragões não conhecem o paraíso (1988), representa a morte relacionando-a com a aids utilizando uma linguagem literária de resistência; e refletir sobre o teor testemunhal do filme: Caminhos Cruzados (Dirigido por Rob Epstein. EUA/1989). A pesquisa aqui proposta segue uma metodologia de estudo bibliográfico, no qual concluímos que a memória da aids nos anos 80 revela uma representação de morte catastrófica e silenciadora, marcada pelo preconceito e ineficiência de políticas públicas, contudo testemunha também a resistência de movimentos sociais pelas conquistas de direitos. Assim, a existência da construção de uma memória coletiva que representou a realidade histórica da aids nos possibilita a esperança de dias melhores onde o ser humano se relacione mais harmonicamente com a morte, onde haja maior entendimento sobre a diferença entre viver com HIV e morrer de aids. E nesta construção textual, a literatura ainda tem muito a contribuir para romper os silêncios que cercam a temporalidade do existir.
Acesso eletrônicoONLINE - http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11529




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)