logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200322034846
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorFERNANDES, Fabrício Ferreira
TítuloArqueologia homoerrática de A Cruz na praça: Um filme desaparecido de Glauber Rocha (1959)
OrientadorGabriel Menotti
UniversidadeUniversidade Federal do Espírito Santo - Centro de Artes, Vitória
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades
GrauMestrado
Data de entrega2017
Data de defesa31.03.2017
Descrição físicav.1; 113 f.; ilustrado com 25 imagens.
DisponibilidadeBiblioteca CA
Fonteufes.br
ResumoEsta dissertação se arrisca na produção de uma arqueologia para o curta-metragem A Cruz na Praça (1959), de Glauber Rocha, um filme desaparecido na história do cinema brasileiro. Nesta arqueologia, pretende-se retomar um período em que Glauber Rocha havia concluído seu primeiro filme, Pátio (1959), e, no mesmo ano, filmado A Cruz na Praça – ambos são projetos que antecedem a realização do seu primeiro longa-metragem Barravento (1961). Neste estudo, faz-se um exercício arqueológico com três movimentos de pesquisa. Primeiro, uma historiografia homoerótica com relatos da prática de pegação na década de 1950 e no início de 1960, a partir de registros literários e pesquisas etnográficas, além de representações de personagens homoeróticos no cinema brasileiro, em períodos próximos ao da produção do curta estudado. Um segundo passo é dado com a retomada da biografia de Glauber Rocha na primeira fase do movimento Cinema Novo, entre 1955 e 1959, situando as atividades literária, ensaística, jornalística, teatral e cinematográfica de um artista pré-Barravento, seu primeiro longa-metragem. O terceiro e último movimento é o da produção da arqueologia de A Cruz na Praça. Nessa fase, realiza-se o levantamento de fragmentos sobre o objeto desta pesquisa a partir de um exercício de compreensão sobre o inacabamento e o desaparecimento do copião de um filme com abordagem sobre a perambulação homoerótica na Bahia de 1959 – tema historicamente transgressor, de confronto com a hegemonia heteronormativa.
ObservaçãoTambém aparece com o título Arqueologia homoerótica de A Cruz na praça: um filme desaparecido de Glauber Rocha (1959).
Acesso eletrônicoONLINE - http://repositorio.ufes.br/handle/10/7068




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)