logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200222034728
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorARAÚJO FILHO, Maurício Ferreira de
TítuloAs personagens femininas de Edgar Allan Poe e as de Paulo Biscaia Filho
OrientadorSudha Swarnakar
UniversidadeUniversidade Estadual da Paraíba, João Pessoa
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Literatura e Interculturalidade
GrauMestrado
Data de entrega2015
Data de defesa21.10.2015
Descrição físicav.1; 114 f.
DisponibilidadeBiblioteca UEPB
Fontetede.bc.uepb.edu.br
ResumoO presente trabalho procurou fazer uma análise comparativa das personagens femininas de Edgar Allan Poe – Berenice, Morella e Ligeia – e as personagens homônimas criadas por Paulo Biscaia Filho – um produtor do cinema brasileiro – no filme Nevermore – Três pesadelos e um delírio de Edgar Allan Poe. Seguindo críticos da tradução e do cinema, argumentamos que a transferência de um texto para outro, apesar de ser uma tradução semiótica, é fortemente influenciada pela cultura receptiva. Escolhemos os críticos da teoria comparada e de tradução para comparar esses dois textos; o texto de fonte, que são os contos de Poe, e o texto alvo que é o filme ?Nevermore? produzido pelo Biscaia Filho para averiguar a questão de contexto cultural brasileiro na sua produção. Ao apresentar as semelhanças e diferenças entre personagens de Poe e as personagens criadas por Biscaia Filho, desde a sua escolha dos contos, justamente com títulos femininos e com foco nas personagens femininas, tentamos mostrar o quanto ele estava consciente a respeito da audiência e do seu contexto cultural. A comparação nos ajuda a concluir que a cultura brasileira desenvolve um papel principal, não apenas no modo, como o produtor do cinema reestrutura essas personagens, mas também na escolha desses contos específicos com domínio de personagens femininas
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)