logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200127025736
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorESTEVINHO, Telmo Antonio Dinelli
Título(Re)atando políticas: sociedade, Estado e cinema no Brasil
OrientadorMiguel Wady Chaia
UniversidadePontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Abragência do estudo1960-1999
GrauDoutorado
Data de entrega2014
Data de defesa26.09.2014
Descrição físicav.1; 231 f.
DisponibilidadeBiblioteca PUCSP
Fontetede2.pucsp.br
ResumoEsta pesquisa tem como objeto uma análise das políticas de cinema no Brasil entre os anos de 1960 ao final dos anos 1990. Neste período foram criadas as principais agências estatais de suporte à produção cinematográfica e o desenho da política foi aqui concebido e permaneceu mais ou menos constante independente das mudanças nos regimes políticos e das transformações econômicas. Para tanto utilizamos os conceitos do neoinstitucionalismo histórico para demonstrar a relisiência de um formato específico nas políticas de cinema implementadas no Brasil e explicar os mecanimos que permitiram o seu desdobramento através do tempo. [...] Assim agências estatais como o Instituto Nacional de Cinema e a Embrafilme foram importantes porque eram arenas abertas no interior do Estado para que as interações entre cineastas, produtores e políticos pudessem ocorrer. Os atributos culturais conferidos ao filme nacional também foram utilizados para a manutenção e reprodução dessas interações. A pesquisa utilizou uma análise sistemática da legislação cinematográfica, de estudos e relatórios produzidos por associações de classe e entidades governamentais bem como entrevistas com cineastas, produtores e políticos.
ObservaçãoAnexo com entrevistas (p.181-231).
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)