logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200126033225
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorMARQUES, Maria Luiza Dias de Almeida
TítuloA transição do modo de produção analógico para o digital nas produtoras de animação publicitária: o impacto da tecnologia no cinema de animação
OrientadorEduardo Simões dos Santos Mendes
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Comunicações e Artes, São Paulo
GrauMestrado
Data de entrega2014
Data de defesa13.11.2014
Descrição físicav.1; 205 f.; Ilustrado.
DisponibilidadeBiblioteca ECA
Fonteteses.usp.br
ResumoEste estudo tem como propósito pesquisar como as produtoras de animação publicitária em São Paulo absorveram gradativamente a tecnologia digital a partir de meados dos anos 1980 até os anos 1990, observando seu funcionamento antes, durante e após a implementação mais efetiva dos novos recursos, identificando os fatos e dados que apontam para o impacto no processo criativo em todas as suas etapas. A partir de uma revisão bibliográfica, apresenta-se o modelo de produção analógico em animação, permitindo-se conjecturar a respeito do ambiente sócio-cultural que propiciou o surgimento dos estúdios de animação que imprimiram sua marca na história da publicidade brasileira. Dentro de uma perspectiva de pesquisa qualitativa fundamentada na história oral, procura-se, por meio de entrevistas com os produtores, compreender o trajeto da realização de um filme de animação, tanto da era analógica como da era digital. Buscou-se, com a coleta de depoimentos, criar evidências para a pesquisa, esperando contribuir assim para o resgate histórico de um momento muito fértil em nossa animação, e de um segmento audiovisual tradicionalmente pouco contemplado nas discussões acadêmicas. Como resultado, obteve-se uma reflexão sobre a evolução do processo criativo, que se mostrou dar-se não apenas em função da tecnologia, mas também em função de um conjunto de elementos sócio-econômico-culturais que influenciam na fruição através dos tempos e determinam diretrizes de produtividade para o audiovisual.
ObservaçãoAnexo A: entrevista com Joaquim Três Rios (p.119-30); Apêndice B: entrevista com Walbercy Ribas Camargo (p.131-50); Apêndice C: entrevista com Daniel Messias (p.151-71); Apêndice D: entrevista com Guto Carvalho (p.172-82); Apêndice E: entrevista com Alceu Baptista (p.183-201).
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)