logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20200115032559
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorSILVA, Eumar Francisco da
TítuloChanchada e metafícção historiográfica na construção da consciência crítica: casos de Nem Sansão nem Dalila e Carlota Joaquina
OrientadorRenato Luiz Pucci Júnior
UniversidadeUniversidade Tuiuti do Paraná, Curitiba
Instituição/ProgramaMestrado em Comunicação e Linguagem
GrauMestrado
Data de entrega2007
Data de defesa01.09.2007
Descrição físicav.1; 175 f.
DisponibilidadeBiblioteca UTP
Fontecatalogodeteses.capes.gov.br / tede.utp.br/jspui
ResumoEste estudo se propõe a estabelecer uma relação entre as paródias Nem Sansão e Dalila (Carlos Manga, 1954) e Carlota Joaquina, princesa do Brasil (Carla Camurati, 1995), através da análise de suas narrativas, respectivamente paródia clássica e paródia pós-moderna. O objetivo é identificar como estas duas obras desenvolveram o discurso cômico para satirizar o Poder. Ao mesmo tempo a pesquisa procura demonstrar que a comédia pode expressar consciência política e preocupação social de uma forma lúdica não incompatível com a seriedade dos temas abordados. A escolha do corpus deve-se a importância atribuida a esses filmes na representação de dois momentos distintos da comédia no cinema nacional. O trabalho parte da hipótese de que na releitura crítica do passado histórico brasileiro, a narrativa pós-moderna de Camurati enfatizou as deformações da prática política exploradas quarenta anos antes por uma narrativa clássica da chanchada, encontrando na sátira e na ironia a metáfora de como o Poder é tratado no Brasil.
Acesso eletrônicoONLINE - https://tede.utp.br/jspui/handle/tede/1347




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)