logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20191220030849
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorALMEIDA, Leonardo Assunção Bião
TítuloA trajetória sertaneja na cinematografia brasileira: das representações literárias e cinemanovistas à reconfiguração do sertão em Árido movie e O Céu de Suely
OrientadorRicardo Oliveira de Freitas
UniversidadeUniversidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus
Instituição/ProgramaMestrado em Linguagens e Representações
GrauMestrado
Data de entrega2012
Data de defesa26.03.2012
Descrição físicav.1; 154 f.
DisponibilidadeBiblioteca UESC
Fontecapes.gov.br / uesc.br
ResumoO Sertão brasileiro tem sido alvo constante de representações desde o final do século XIX. Fora retratado na literatura brasileira, sobretudo pelo Romance de 30, como o ambiente detentor da essência de uma possível "brasilidade", fato que se deve, em grande parte, à ideia de que, ao passo que os grandes centros do país começavam a se desenvolver e a entrar em contato com culturas estrangeiras, o Sertão permanecia inalterado, conservando raízes autênticas, genuínas. O Cinema Novo, herdeiro dessa concepção literária, foi o responsável por consolidar o Sertão como temática crucial no terreno das representações, trazendo à tela um Sertão configurado como palco de questionamentos políticos e sociais. A chamada fase de retomada, ainda na década de 1990, e, em seguida, a fase de pós-retomada da cinematografia brasileira, que se inicia na primeira década deste século, também lançaram mão das representações do Sertão, substituindo, nesse momento, seu caráter engajado por uma visão mais subjetiva. Ou seja, o Sertão passa a ser, a partir de então, palco de dilemas pessoais. Nesta pesquisa, propomo-nos analisar o cinema contemporâneo brasileiro de pós-retomada, através dos filmes "Árido Movie", de Lírio Ferreira, e "O céu de Suely", de Karim Aïnouz, que se apresentam como potenciais ilustrações das mudanças e transformações nas representações do Sertão, ao mostrar o diálogo da cultura sertaneja tradicional com a cultura mundializada.
ObservaçãoTambém aparece com 138 p.
Acesso eletrônicoONLINE - http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/201060044D.pdf




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)