logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20190701030241
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorSANTANA, Sérgio Ricardo Lima de
TítuloAs várias faces de Ripley: sobre a literatura e as adaptações cinematográficas
OrientadorDécio Torres Cruz
UniversidadeUniversidade Federal da Bahia - Instituto de Letras, Salvador
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Letras e Linguística
GrauDoutorado
Data de entrega2009
Data de defesa2009
Descrição físicav.1; 255 f.; ilustrado com 24 imagens dos filmes analisados.
DisponibilidadeBiblioteca Central Ufba
Fonterepositorio.ufba.br
ResumoEsta tese discute a temática da adaptação cinematográfica de obras literárias, a partir da perspectiva das teorias da tradução e, em especial, da semiótica de Charles Sanders Peirce. Inicialmente, é feita uma revisão da literatura principal sobre o tema, buscando-se historicizar a relação entre literatura e cinema. Em seguida, apresenta-se o construto teórico que servirá como base para a análise da adaptação. Para isso, utilizam-se conceitos de teoria da tradução e da semiótica peirciana, em especial as noções de ícone, índice e símbolo, na sua relação com as noções de tradução icônica, tradução indexical e tradução simbólica; bem como conceitos pertinentes relacionados a cada um dos sistemas de signo em questão – literatura e cinema. São analisadas as adaptações dos romances O talentoso Ripley (1955) e O jogo de Ripley (1972), da escritora norte-americana Patricia Highsmith. A partir da análise dos filmes O sol por testemunha (1959), do francês René Clément; O talentoso Ripley (1999), do inglês Anthony Minghella; O amigo americano (1977), do alemão Wim Wenders; e, finalmente, O retorno do talentoso Ripley (2002), da italiana Liliana Cavani, a temática da tradução entre romance e filme é debatida e atualizada.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8624




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)