logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20190601034458
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorDELL'ORTO, Pedro Marques
TítuloA arqueologia da mídia na era pós-mídia: o "nascimento" e a "morte" do cinema
OrientadorKarla Schuch Brunet
UniversidadeUniversidade Federal da Bahia - Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, Salvador
Instituição/ProgramaPrograma Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade
GrauMestrado
Data de entrega2015
Data de defesa21.01.2016
Descrição físicav.1; 199 f.; ilustrado.
DisponibilidadeBiblioteca Central Ufba
Fonterepositorio.ufba.br
ResumoA partir dos debates sobre a extinção - ou expansão - das técnicas tradicionais do filme, o conceito de cinema foi exposto à uma profunda revisão com o objetivo de inserir a estética dos dispositivos audiovisuais pós-celuloide no repertório da cinematografia. Sobretudo, a televisão, o vídeo e a cibernética. Uma vez que a película deixou de ser considerada o único suporte de impressão de imagens em movimento, o suposto nascimento oficial da cinematografia – relativo à invenção dos irmãos Lumière – demonstra que a história do cinema oculta fascinantes mídias ancestrais capazes de iludir os sentidos para gerar projeções de imagens em movimento: desde os pintores paleolíticos, que, através da luz do fogo, projetaram narrativas audiovisuais nas imensas paredes de pedras em locais escuros das cavernas, até o final do século XIX - quando os Lumières e Thomas Edison entraram em cena. Neste vasto período histórico, anterior à industrialização do cinema, a criação dos suportes cinematográficos era uma atividade abundante e dispersa, portanto, possuía um caráter experimental e era realizada por inventores autônomos. Este modo ancestral de produção de mídias é oposto ao atual modelo industrial, imposto pelas oligarquias midiáticas, que operam no sentido da padronização técnica e da obsolescência programada. Entretanto, a necessidade comercial de desestruturar a rígida convenção canônica da sétima arte fortaleceu o surgimento de teorias que dilataram o conceito de “cinema” ao ponto de inserir as tecnologias orgânicas no repertório das mídias cinematográficas.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19296




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)