logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20190510041740
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorBOLZAN, Neides Marsane John
TítuloA representação dos afetos em Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade, e no filme Miss Mary, de Maria Luisa Bemberg
OrientadorLúcia Sá Rebello
UniversidadeUniversidade Federal do Rio Grande do Sul - Instituto de Letras, Porto Alegre
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Letras
GrauDoutorado
Data de entrega2018
Data de defesa2018
Descrição físicav.1; 114 f.
DisponibilidadeBiblioteca IL
Fontelume.ufrgs.br
ResumoEsta tese tem por objetivo discorrer sobre a representação dos afetos na obra literária Amar, verbo intransitivo (1927), de Mário de Andrade e na produção cinematográfica Miss Mary (1986), de María Luisa Bemberg. O método de pesquisa empregado é, além dos estudos comparados, o modo psicanalítico de leitura, que vê na metáfora seu formato linguístico, e na observação, o vínculo emocional que permite a leitura de afetos. Para tanto, vale-se dos conceitos de Sigmund Freud, Jacques Lacan e Antônio Imbasciati na área psicanalítica; das explicações de Roland Barthes, Tania Franco Carvalhal, Hans Robert Jauss para o ramo da literatura; dos estudos de Roman Jakobson para reportar-se à linguística; e das formulações de Robert Stam, Ismail Xavier e Christian Metz, para a teoria do cinema. São citados também autores e pesquisadores da Literatura Comparada: Eizirik, Gonçalves, Palmier e Vieira, da psicanálise; Allegro, Bonicci, Clüver, Espíndola, Marques, Moser, Pageaux, Rebello, Samoyault, Vieira, da literatura.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - https://lume.ufrgs.br/handle/10183/182682




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)