logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20190210055322
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorCÓL, Rafael Mercúrio da
TítuloAnálise do discurso fílmico pela lente foucaultiana: uma arqueologia da homossexualidade em filmes do cinema brasileiro
OrientadorMaria do Rosário de Fátima Valencise Gregolin
UniversidadeUniversidade Estadual Paulista - Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa
GrauMestrado
Data de entrega2017
Data de defesa23.01.2018
Descrição físicav.1; 117 f.; ilustrado com 77 imagens.
DisponibilidadeBiblioteca Unesp-Araraquara
Fonteunesp.br
ResumoEste trabalho tem o objetivo geral de analisar procedimentos discursivos que criam subjetivações de personagens homossexuais no cinema brasileiro, verificando a emergência dessa identidade a partir dos anos 1980. Esse objetivo nos leva também a investigar as condições de possibilidade que permitiram transformações da representação do homossexual que abrangem desde um momento em que era silenciado até a sua visibilidade no contemporâneo. Nosso corpus de análise foi constituído a partir do critério de momentos de ruptura que fizeram emergir distintas representações do homossexual, em quatro (4) filmes, que são: O Beijo no Asfalto (1980), Carandiru (2003), Madame Satã (2001) e Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014). Sob a luz da Análise do Discurso derivada dos estudos de Michel Foucault, pretendemos analisar as práticas discursivas, numa perspectiva arqueogenealógica, a fim de perceber as relações de poder na historicidade desses enunciados. Também são importantes trabalhos de pesquisadores brasileiros sobre discursividade e cinema como os de Milanez (2014) e Xavier (2003; 2008). Com esses pressupostos teóricos, analisaremos a interdiscursividade das imagens que evidencia transformações da identidade do homossexual, delineando um movimento que vai das margens da sociedade para o seu centro, da falta ao excesso, em consonância com mutações políticas e sociais que ensejaram o aparecimento de novas discursividades. Assim, verificamos a normalização da identidade homossexual para que seja possível constituir um filme no cenário nacional, seguindo os padrões sociais de virilidade e deixando o homossexual afeminado nas denominadas heterotopias de desvio como a prisão e o bordel.[...]
Acesso eletrônicoONLINE - https://repositorio.unesp.br/handle/11449/153045




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)