logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20190114023520
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorCOLLAZZI, André Meirelles
TítuloA exclusão do roteiro no financiamento da cadeia produtiva do filme no Brasil
OrientadorPablo Ortellado
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Escola de Artes, Ciências e Humanidades, São Paulo
GrauMestrado
Data de entrega2014
Data de defesa10.11.2014
Descrição físicav.1; 130 f.; 21 tabelas e quatro ilustrações.
DisponibilidadeBiblioteca EACH
Fonteteses.usp.br
ResumoA presente dissertação se dedica a mapear a organização do trabalho na atual cadeia produtiva do audiovisual na cidade de São Paulo, por meio da análise das atuais formas de produção do cinema e do atual modelo de financiamento do setor, com o objetivo de evidenciar seus principais elos e suas principais vulnerabilidades. Um setor identificado como vulnerável, porém, pouco evidenciado, está localizado no início da cadeia produtiva o desenvolvimento de projetos. Essa etapa, que inicia todo o processo do filme, está muito centrada na figura de um profissional o roteirista. Portanto, esta pesquisa está centrada na identificação da vulnerabilidade desse profissional, em suas relações de trabalho e seus níveis de relacionamento, em sua influência nos outros setores da cadeia produtiva, como também, na atual condição de trabalho que lhe é ofertada. Foram identificadas três questões centrais para justificar a atual vulnerabilidade da profissão de roteirista, que se desmembram em outros apontamentos, são elas: a disputa de autoria entre diretor e escritor no final dos anos 60 (cinema e literatura), as relações flexíveis impostas pelo novo modelo de trabalho apoiado na lógica da intermitência e fragmentação e por último, a falta de organização do profissional de roteiro enquanto categoria.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)