logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20181230060059
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorMIRANDA, Diogo Julien
TítuloCastelo dos horrores: as formas e modulações do personagem Zé do Caixão nas mídias audiovisuais
OrientadorMaria Bernardete Cunha de Lyra
UniversidadeUniversidade Paulista, São Paulo
Instituição/ProgramaMestrado em Comunicação
GrauMestrado
Data de entrega2005
Data de defesa05.08.2005
Descrição físicav.1; 138 f.
DisponibilidadeBiblioteca UNIP-Bacelar
Fontecapes.gov.br; unip.br
ResumoEste trabalho realiza um estudo das formas e modulações do personagem Zé do Caixão no universo midiático a partir do cinema e seguindo pela TV, publicidade, rádio, histórias em quadrinhos, teatro e todas as demais formas que o personagem adquiriu, ao longo de mais de quarenta anos de existência, para verificar seu caráter midiático. Iniciamos esta pesquisa com as definições sobre a materialidade na comunicação e de que forma este pensamento aplica-se aos trabalhos com o personagem Zé do Caixão. Em seguida, partimos para uma contextualização histórica, que teria propiciado o surgimento do personagem, e uma breve biografia de seu criador [...]. Quanto aos resultados obtidos, percebemos que a principal característica do personagem Zé do Caixão é mesmo sua essência midiática. Nascido nas telas de cinema, transitou pela televisão, rádio, revistas e histórias em quadrinhos com a mesma desenvoltura, carisma e sucesso. Também concluímos que o fenômeno midiático da obra de Mojica fica mais impressionante ainda se pensarmos que, apesar de nascido no cinema, apenas os dois primeiros filmes de Zé do Caixão podem ser considerados autenticamente sobre a personagem À meia-noite levarei sua alma (1964) e Esta noite encarnarei no teu cadáver (1967). Estes, realmente contam a história do coveiro Josefel Zanatas, têm uma sequência lógica e sedimentam sua imagem como anti-herói e vilão do cinema brasileiro. A partir de então, nunca mais Zé do Caixão foi o centro de suas histórias, assumindo uma posição de catalizador para todo tipo de idéias de Mojica e seus colaboradores.




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)