logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20181116055943
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorMATTA, João Paulo Rodrigues da
TítuloAnálise competitiva da indústria cinematográfica brasileira no mercado interno de salas de exibição, de 1994 a 2003
OrientadorElizabeth Regina Loiola da Cruz Souza
UniversidadeUniversidade Federal da Bahia - Escola de Administração, Salvador
Abragência do estudo1994-2003
GrauMestrado
Data de entrega2004
Data de defesa01.04.2004
Descrição físicav.1; 296 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central UFBa
Fontecapes.gov.br; bib.ufba.br
ResumoO objetivo desta dissertação foi compreender a performance competitiva da indústria cinematográfica brasileira, entre 1994 e 2003, no mercado nacional de salas de cinema. Utilza-se o aporte teórico da teoria do "diamante" da vantagem nacional para analisar a competitividade genérica desta indústria, no Brasil, no período e mercado delimitados, destacando o seu caráter estratégico para as nações. [...] A pesquisa se completa com estudos de caso da trajetória competitiva, da produção até a exibição nos cinema nacionais, dos filmes Cidade de Deus (2002) e Janela da Alma (2002). Verificou-se que houve um aumento da competitividade da indústria cinematográfica brasileira, no período e mercado delimitados, impulsionado principalmente por políticas de intervenção governamental, cuja base foi a concessão de incentivos fiscais. Identificaram-se como os principais fatores que condicionaram este incremento de competitividade: 1) o crescimento e a manutenção de um fluxo anual de lançamentos, entre 20 e 30 filmes, com a eficiência da distribuição alavancada pela crescente adesão de grandes companhias estrangeiras ao incentivo fiscal, previsto no Art.3 da Lei do Audio Visual; 2) o aprimoramento da qualidade e a diversidade das produções nacionais; 3) o movimento de integração entre a televisão e o cinema, a partir da criação da Globo Filmes, em 1997; 4) a presença de astros e estrelas da televisão nos lançamentos; 5) a aproximação da produção e da distribuição, via parcerias, diminuindo o risco dos lançamentos; 6) o crescimento do parque nacional de salas de exibição, desde 1997, acompanhado do crescimento do mercado interno, e de um aumento médio relativo maior do público do cinema nacional em relação ao público dos filmes estrangeiros.




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)