logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20181114054556
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorDAVI, Tânia Nunes
TítuloA democracia no Brasil é um intervalo comercial: autoritarismo, estética e representações em Memórias do cárcere (1953-1984)
OrientadorAlcides Freire Ramos
UniversidadeUniversidade Federal de Uberlândia, Uberlândia
Instituição/ProgramaPrograma de Pös-Graduação em História
Abragência do estudo1953-1984
GrauMestrado
Data de entrega2004
Data de defesa01.02.2004
Descrição físicav.1; 189 f.
DisponibilidadeBiblioteca Santa Mônica
Fontecapes.gov.br; acervo.bibliotecas.ufu.br
ResumoNossa pesquisa foi construída a partir de um diálogo interdisciplinar com as representações (re)criadas por Graciliano Ramos e Nelson Pereira dos Santos, no livro (1953) e no filme (1984) Memórias do Cárcere. Graciliano Ramos legou-nos, em Memórias do Cárcere, o seu testemunho sobre o arbítrio, a desumanização e os conflitos humanos dentro das prisões varguistas nas quais esteve encarcerado entre os anos de 1936 e 1937. Relato envolvente e denso de um escritor de esquerda que foi resgatado pelo cineasta Nelson Pereira dos Santos, no início da década de 1980, Memória do Cárcere o filme produziu uma (re)leitura da sociedade brasileira do pós-64 na medida em que levou às telas temas como: a violência das prisões, o descaso com os direitos humanos, a relação das forças armadas com os civis, as formas de organização e comunicação dentro das prisões, o papel da mulher, do malandro e do comunista na sociedade brasileira. Foi por meio destas duas fontes documentais principais que buscamos perceber, captar e analisar estas representações que resgatam parte da história recente do Brasil: os governos autoritários de Getúlio Vargas e dos militares pós-64. Para tanto, conduzimos uma interlocução que abarca História, Literatura e Cinema, no intuíto de melhor captar a intertextualidade do livro e do filme, relacionando-os ao contexto de suas produções e difusões, percepcionando e analisando as apropriações, as repreentações e as formas estéticas que perpassam o texto fílmico de Memórias do Cárcere e o tornam um dos filmes mais representativos do período de redemocratização da sociedade brasileira.




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)