logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20181110051025
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorTAÚ, Ana Cláudia
TítuloA figura do bandido no cinema brasileiro
OrientadorMarcius César Soares Freire
UniversidadeUniversidade Estadual de Campinas - Instituto de Artes, Campinas
GrauMestrado
Data de entrega2005
Data de defesa30.08.2005
Descrição físicav.1; 133 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central Unicamp
Fonteprpg.unicamp.br / unicamp.br / bibliotecadigital.unicamp.br
ResumoO presente trabalho visa a entender como é constituida a imagem do bandido em filmes brasileiros recentes, comparando-a com a figura do bandido social do Cinema Novo e Marginal. O trabalho parte do pressuposto de que existe uma releitura da figura do bandido social dos anos 60 nos filmes brasileiros da atualidade. No percurso, busca compreender o recente quadro do nosso cinema que, impulsionado pela Lei do Audiovisual de 1993, vem se deparando com novos desafios estéticos, metodológicos e tecnológicos provenientes do processo de globalização. Foram escolhidos para análise quatro filmes, todos de temática urbana, tendo como locação duas metrópoles brasileiras: São Paulo e Rio de Janeiro. Os filmes cujos históricos se passam na cidade do Rio de Janeiro são: A Grande cidade (Cacá Diegues, 1966), O Primeiro dia (Walter Salles e Daniela Thomas, 1999). O Bandido da luz vermelha (Rogério Sganzerla, 1968) e O Invasor (Beto Brant, 2001) têm São Paulo como palco dos acontecimentos.
Acesso eletrônicoONLINE - Clique para acessar




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)