logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20181020093048
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorFEOLA, Mauro Alexandre
TítuloAs potências da imagem-tempo e o cinema utópico de Lars Von Trier
OrientadorLaymert Garcia dos Santos
UniversidadeUniversidade Estadual de Campinas - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas
Instituição/ProgramaPrograma de Pós-Graduação em Sociologia
GrauMestrado
Data de entrega2007
Data de defesa26.04.2007
Descrição físicav.1; 167 f.
DisponibilidadeBiblioteca Central Unicamp
Fonterepositorio.unicamp.br
ResumoEste trabalho procura descrever o que vem a se constituir como utópico no cinema contemporâneo, mais precisamente em alguns filmes que integram a obra cinematográfica do diretor escandinavo Lars von Trier. O foco maior da pesquisa é a análise de Dançando no Escuro. Porém, há que se destacar as análises feitas para Epidemic e Os Cinco Obstáculos. Os livros que o filósofo francês Gilles Deleuze escreveu sobre o cinema integram o arcabouço teórico que orienta a análise dos filmes citados. De todos os seus conceitos, a imagem-tempo e os seus diferentes tipos - imagens-sonho e imagens-cristal, principalmente - foram os instrumentos que nos guiaram para se chegar aos resultados finais desta pesquisa
Acesso eletrônicoONLINE - http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/278739




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)