logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20180816061212
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorSALIBA, Maria Eneida Fachini
TítuloCinema contra cinema: uma paixão de juventude de Canuto Mendes (1922-1931)
OrientadorMaria Inez Machado Borges Pinto
UniversidadeUniversidade de São Paulo - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, São Paulo
Abragência do estudo1922-1931
GrauMestrado
Data de entrega2001
Data de defesa14.09.2001
Descrição físicav.1; 153 f.
DisponibilidadeBiblioteca CAPH
Fontededalus.usp.br
PublicaçãoSALIBA, Maria Eneida Fachini. Cinema contra cinema: o cinema educativo de Canuto Mendes (1922-1931). São Paulo, Annablume/Fapesp, 2003.
ResumoEste trabalho analisa a trajetória de Joaquim Canuto Mendes de Almeida, desde seu precoce engajamento na produção cinematográfica paulista nos anos vinte, até a publicação de "Cinema contra cinema", em 1931 - um dos primeiros livros sobre o tema do "cinema educativo" no Brasil. Numa época em que a sociedade ainda mal começava a vivenciar os efeitos da "sétima arte", Canuto Mendes a partir de sua experiência como roteirista e diretor de cinema, procurou refletir sobre a complexidade da linguagem fílmica associando-se ao projeto geral de solucionar todos os problemas brasileiros através da Educação. Sua trajetória foi típica daqueles intelectuais brasileiros marcados pelo desejo de estabelecer uma nova ordem social a ser realizada pelo Estado - um Estado que se revelaria nada benevolente, como mostrou a história posterior no período do Estado Novo. Pela sua experiência na produção fílmica - que ele procurou incorporar em todas as suas reflexões - sua trajetória e, particularmente, suas idéias e projetos sobre o cinema educativo, revelaram-se bastante singulares, ajudando a esclarecer, muito do atual debate sobre as complexas relações entre as imagens e a educação.




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)