logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_TE20180704055919
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
AutorLIMA, Ana Rita Lemos Ferreira Mendonça
TítuloCarmen Miranda foi a Washington
OrientadorHeloísa Helena Oliveira Buarque de Hollanda
UniversidadeUniversidade Federal do Rio de Janeiro - Escola de Comunicação, Rio de Janeiro
GrauMestrado
Data de entrega1998
Data de defesa01.03.1998
Descrição físicav.1; 212 f.
DisponibilidadeBiblioteca ECO
Fontecapes.gov.br / minerva.ufrj.br / ufrj.eco.br
ResumoArtista brasileira que maior sucesso alcançou no exterior, Carmen Miranda tem sua trajetória descrita como síntese de uma época, destacando-se os momentos de relevância para a identidade nacional. A vinda de Portugal, sua terra natal, dentro do estímulo republicano à imigração européia; infância e juventude em áreas marginais, a reforma urbanística do Rio de Janeiro do início do século; o sucesso como cantora. Valendo-se da novidade do disco, rádio e cinema nos anos da época de ouro da música popular, o repertório de canções com a marca da era Vargas, a fama na Broadway e em Hollywood como ícone da política de boa vizinhança dos Estados Unidos para a América Latina, durante a Segunda Guerra Mundial. Tanto cantando sambas na fase brasileira de sua carreira, quanto nos Estados Unidos, encarnando estereótipos para os países latino-americanos, Carmen Miranda foi alvo de crítica e elogio dos brasileiros, expressivos de nossas ansiedades quanto à identidade nacional. Impossibilitada de deixar de ser a Brazilian Bombshell, Carmen Miranda não deixou de refletir, dentro e fora de cena, sobre sua imagem.




página 1 de 1

Banco de teses sobre Cinema Brasileiro

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)